sexta-feira, 6 de maio de 2011

A SAÚDE LITERALMENTE NA MERDA (By Marco Sobreira)

O Governo Dilma resolveu ressuscitar o falecido Cartão Nacional do SUS depois de milhões jogados no lixo pela incompetência do seu antecessor e criador Lula da Silva. A julgar pela tecnologia a ser usada, a tentativa tem tudo para ser um novo fiasco e mais alguns milhões jogados fora.





A idéia pode ser até interessante, prontuário eletrônico à disposição do médico é um suporte importante para o conhecimento de patologias pré-existentes, medicamentos usados, exames realizados, possíveis alergias medicamentosas, enfim, informações relevantes no atendimento ao paciente. Agilizar a marcação de consultas com eliminação ou diminuição das famigeradas filas seria muito bem vindo, acontece que tudo isso necessita grandes investimentos em computadores, treinamento de pessoal, internet de boa qualidade em todo o País, mas como acreditar se nos falta o básico, a mais elementar condição nas Unidades de Saúde para um atendimento com um mínimo de dignidade?

Agora mesmo assistimos cenas inacreditáveis de pura irresponsabilidade e descaso com a saúde da população, esgoto regurgitando na pia de uma Unidade de Tratamento Intensiva onde várias crianças estavam internadas, inundação dos corredores e salas de atendimentos com água fétida e restos orgânicos, para não dize merda mesmo, boiando no meio de pacientes refugiados em macas, funcionários desesperados, impotentes diante do absurdo, cheiro insuportável, tudo isso num pronto-socorro de Cuiabá, capital de importante estado, imaginem o que não se passa no interior? E o mais ridículo ainda foi a desculpa do Prefeito ao afirmar que não se mostrava o que tinha sido feito, como se fosse possível justificar o descaso total com as vidas de quem depende da referida Unidade. O depoimento de uma mãe, que aos prantos implorava pela transferência do filho porque ali ele acabaria morrendo derruba qualquer argumento desses gestores irresponsáveis e indiferentes com o sofrimento alheio. Caso de polícia!!!

Como pode o nosso povo sofrer tanta humilhação e continuar apoiando esse Governo? Cria-se factóides como o programa “Samu para gestantes” e agora o Cartão do SUS, propaga-se à exaustão nas rádios, tevês e jornais como se fossem a solução de todos os males e aceitamos tudo, conformados como cordeiros na fila do abate, resignados com a própria sorte.

Trabalho no setor público e posso afirmar com a experiência de quem dedicou toda uma vida à saúde púbica, não falta dinheiro, o que falta é vergonha na cara e falta de vontade política de quem deveria priorizar a saúde de nossa gente, oferecer um serviço de melhor qualidade, temos exemplos de municípios que investindo recursos próprios, conseguem a par das dificuldades prestar assistência decente aos seus munícipes.

Acreditem, o que acontece no Pronto-Socorro de Cuiabá é apenas a ponta de um iceberg nesse mar de lamas em que se transformou a saúde pública no Brasil. Corrupção, corrupção é o câncer que está matando o nosso País, duvidam? Assistam no próximo domingo reportagem do Fantástico sobre a merenda escolar oferecida às nossas crianças, vão vomitar!!!

É isso, enquanto a saúde afunda literalmente na merda, a educação distribui alimento de porcos para nossos alunos, o STF discute e oficializa a união homossexual, os políticos debatem sobre a volta do tesoureiro do mensalão à vida partidária, o Senado formaliza a Comissão de Ética com bandidos, a oposição discute quem é o mais bonitinho pra enfrentar o PT e a Dilma, bom a Dilma deixa pra lá, é irrelevante, melhor deixá-la tomar chá com o Hugo Chávez.

3 comentários:

  1. Acertou em cheio na análise, Marco. E o povo vai se acostumando à indignidade.
    Se quiser incluir, em suas excelentes matérias, algumas charges indóceis com os petralhas, chavistas & cia., é só ir no blog de um de seus primeiros seguidores e copiar os rabiscos.

    ResponderExcluir
  2. Mercia Maria Almeida Neves6 de maio de 2011 15:02

    Marcos, meu amigo, eu bem previ, muita gente previu e estamos é à beira de uma quadrilha isto é uma indiginação que ninguém pode nos tirar,são sentimentos.
    Fome, miséria,falta de educaçãom sáude, transporte,
    salários dignos (com execeção do deles)tudo isto nos causa espanto.É falta de respeito.Ivertendo a ordem das coisas,somos acusados por cobrar o respeito?
    Ora nada tenho contra os homossexuias,ao contrário tenho amigos,são pessoas de muito caráter, eles não tem culpa desse governo que estão usadoo esa manobra para arrancar-lhes o voto,ora Petista se importa com ninguém? vc bem relatou o seu dia a dia..todos tem o seu, só dos PETITAS está correndo às mil marvilhas...que manobriha viu? baixa, sem escrúlpos,usar a a sexualidade? acho muito visível,só não ver quem não quer..e´como a Luz, ou brilha, ou queima...
    Ah, é a jogada mais barata sem bolsa nada para 2014, a oposição que se cuide mesmo..senão vão levar mesmo!

    ResponderExcluir
  3. Caro Doutor, lamentavelmente este é o quadro que existe e persiste diante da saúde pública e demais serviços sob responsabilidade dos governos no Brasil.O povo porém tem sua parcela de culpa e responsabilidade,pois os elegeu. Ineficiência, desinteresse, má gestão, incapacidade e corrupção são os adjetivos que caracterizam as diversas administrações municipais no país. O Povo tem que reagir e melhorar suas escolhas eleitorais.

    ResponderExcluir