sexta-feira, 16 de dezembro de 2011

DILMA DECLARA INTRANSIGÊNCIA À CORRUPÇÃO. KKKKKKKKK



Para inglês ouvir – Durante café da manhã com jornalistas nesta sexta-feira (16), no Palácio do Planalto, Dilma Rousseff evitou falar sobre o escândalo envolvendo o ministro Fernando Pimentel (Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior), mas a presidente afirmou que é nula a tolerância do governo com a corrupção. Dilma afirmou que “não há dois pesos e duas medidas” no caso de denúncias e demissão de ministros. “O que ocorrer dentro do governo não será tolerado”, completou a petista.

Além disso, Dilma disse aos jornalistas que em 2012 o governo federal terá controle da inflação. Trata-se de uma garantia temerária, pois o controle da inflação, assim como os efeitos da crise internacional, depende do comportamento de diversas economias ao redor do mundo, muitas das quais, em especial na Europa, enfrentam momento de grande turbulência.

Diretora-gerente do Fundo Monetário Internacional (FMI), Christine Lagarde, que não chegou ao cargo por ser leiga no assunto, afirmou que o planeta está à beira de profunda recessão e que é preciso esforço conjunto e imediato para se evitar um cenário ainda pior, o da depressão econômica.

As palavras de Lagarde, que diuturnamente acompanha o desempenho de diversas economias, mostram que é precipitada a promessa de Dilma Rousseff de manter sob o chicote um dos principais ingredientes da herança maldita deixada pelo antecessor, o messiânico Luiz Inácio da Silva.

Fonte: Ucho.Info

Um comentário: